“O desafio de PE é implantar o piso com repercussão na carreira”

Em seu primeiro discurso do ano, nesta quarta (2), a deputada Teresa Leitão (PT) defendeu que o Governo do Estado e prefeituras atendam à Lei do Piso do Magistério e implementem o novo piso salarial da categoria. Mas não apenas: para a deputada, “o desafio de Pernambuco é implantar o piso com repercussão na carreira”.

A Lei do Piso do Magistério determina o reajuste de 33,24% no salário-mínimo do professor da educação básica (que passou a ser R$ 3.845,63). Mas esse reajuste não alcança quem recebe valores brutos maiores que R$ 3.845,63.

“Piso é lei. Contudo, a norma não é cumprida automaticamente. Por isso, peço aos colegas que participem das articulações para que o valor seja respeitado”, comentou a petista.

“Estamos dispostos, estamos dispostas a votar favoravelmente a um projeto de lei que recupere o nosso plano de cargos e carreiras que é de 1998 e está sendo retaliado, picotado. Se precisa refazer o plano, o façamos. Mas não com achatamentos. Façamos no processo de valorização, de desenvolvimento da carreira, de apropriação daquilo que o servidor acumula durante a sua vida funcional”, argumentou Teresa Leitão.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.